COMO FAZER UM CURRÍCULO: VEJA DICAS DE COMO MONTAR O SEU!

Aqui você vai encontrar dicas valiosas para enriquecer o seu currículo na busca da tão esperada vaga de emprego.

O momento de procurar um estágio ou emprego pode ser muito cansativo e com algumas frustrações. Para evitar qualquer problema neste processo é importante que você tenha uma ótima apresentação e saiba como fazer um currículo. Aqui neste texto vamos passar algumas dicas.

O currículo é a sua carta de apresentação para a empresa em que você deseja trabalhar, através dele será possível compreender o seu histórico educacional e profissional. Assim, é muito importante que você o mantenha atualizado, com novos cursos e com dados pessoais recentes.

Dessa maneira, ficará muito mais interessante para o recrutador, no momento em que estiver avaliando as suas qualificações e você poderá se destacar entre os demais. Mas afinal de contas, por onde você deve começar quando estiver criando um currículo? Confira abaixo:

  • Como fazer um currículo?

Existem alguns tópicos muito importantes e indispensáveis que devem fazer parte do seu currículo, esses tópicos são necessários para que o recrutador e a empresa interessada saiba um resumo sobre a sua vida profissional e as atividades que você pode ter desenvolvido ao longo do período de estudos. 

  • Dados pessoais: 

Nessa primeira etapa deve estar a sua apresentação como nome completo, estado civil, telefone para contato e endereço completo. Não é necessário que coloque nenhum documento ou o CEP da sua região;

  • Objetivos:

Nessa parte você deve colocar de maneira sucinta e clara quais são os seus objetivos profissionais. Pense e escreva qual a posição que deseja trabalhar e o que você pretende realizar ao iniciar seu vínculo empregatício;

  • Resumo das qualificações: 

Aqui descreva suas experiências em outros empregos em ordem decrescente, em primeiro lugar sua experiência mais recente e posteriormente a experiência mais antiga. 

Caso esteja procurando pelo primeiro emprego, escreva sobre suas habilidades e conhecimentos, aqui é importante que o seu currículo se destaque entre os demais. 

Mas se você já tem experiências para adicionar, lembre-se de colocar o período em que você esteve em contato com cada uma dessas experiências. 

Se quiser soltar a criatividade, ainda é válido escrever resumidamente sobre o que você desenvolveu durante o período de trabalho, de modo que o recrutador entenda qual foi a função exercida.

  • Formação acadêmica:

Coloque de maneira resumida os lugares em que você estudou. Não se esqueça de adicionar o período dos estudos e de identificar as instituições de ensino que você frequentou.

Essa parte é muito importante para que o avaliador consiga entender um pouco sobre a sua história e toda a bagagem cultural e social que você carrega.

  • Cursos:

Mesmo que você ainda não tenha concluído o ensino superior ou não tenha tantas experiências, é importante se manter atualizado através de cursos. 

Além de você conseguir se destacar através do conhecimento que você traz, poderá também contribuir de maneira significativa com a empresa em que busca contratação.

Para isso, pesquise cursos na internet que poderão te auxiliar. Atualmente existe uma facilidade muito grande para encontrar cursos online e gratuitos que podem agregar um peso maior ao seu currículo.

  • Informações adicionais:

Nesta parte, dê preferência por colocar eventuais trabalhos voluntários que você participou ou até mesmo viagens de intercâmbio, se for o caso. Uma outra possibilidade é adicionar experiências em palestras ou em eventos de formação na sua área de atuação.

 

  • O que não deve ter no currículo?

Depois de saber quais informações devem estar no seu currículo, é muito importante se ligar em o que não deve constar em um currículo para que você não transmita informações em excesso. 

  • Foto:

A foto não é um item obrigatório no currículo, caso se sinta confortável em adicionar, pode sem problema nenhum. Mas, em muitos casos é aconselhado a evitar o uso de foto no currículo para que o recrutador possa focar em suas especialidades e experiências como profissional, e não na sua imagem.

  • Documento:

Colocar informações pessoais como o número de documento é um erro grave! Lembre-se que seu currículo pode ser visualizado por dezenas de pessoas que talvez você não conheça. Fornecer informações pessoais pode colocar em risco sua segurança. Sendo assim, nunca divulgue essas informações em um currículo. 

  • Endereço:

Na parte de dados pessoais, procure colocar apenas as informações básicas, para que o recrutador saiba a região em que você mora. Mas neste caso não é necessário adicionar o CEP, por exemplo.

  • Atenção aos erros de português!

Ao finalizar o seu currículo, leia atentamente procurando por erros. Se necessário peça a uma pessoa próxima para ler e revisar todas as informações, a ortografia e se existem erros de digitação.

A chance de um currículo com erros de ortografia e digitação serem rejeitados pode ser alta. Lembre-se que o seu currículo é uma carta de apresentação à empresa e provavelmente também é o seu primeiro contato, então siga nossas dicas e boa sorte!

Leia também: PARA QUE SERVE O LINKEDIN

Buscar

Posts Relacionados

ACONTECEU NA FSH

Acompanhe nossas notícias e fique por dentro do que aconteceu na FSH neste mês de novembro.  O mês de novembro foi recheado de atividades aqui